+55 43 3512-1000     faleconosco@capal.coop.br
  INICIAL A COOPERATIVA SEJA UM COOPERADO UNIDADES FALE CONOSCO
 
INSTITUCIONAL
NOTÍCIAS
AGENDA
PUBLICAÇÕES
LINKS ÚTEIS
DOWNLOADS
   



16
Jun 20

Renato Zambianco Nastaro – Salto de qualidade na agricultura




O cooperativismo é mais que um sistema econômico; é um modelo de organização que preza por valores humanos, como a solidariedade e a responsabilidade. Nesta série, conheça três produtores associados à Capal que encontraram no cooperativismo um caminho para o desenvolvimento próprio, além de contribuir para o fortalecimento da Cooperativa. No post anterior, contamos a história de cooperativismo de Cassemiro Turkiwcz. Na sequência, apresentamos Maria Elza Ishizuka.

O cooperativismo também fez diferença na vida de Renato Zambianco Nastaro. O produtor conta que a família sempre atuou na agricultura e na pecuária, mas antes lhes faltava um suporte adequado. “Antes de trabalhar com a Capal, os agrônomos que nos visitavam eram mais vendedores de produtos, não tínhamos um suporte técnico para saber se o que estávamos fazendo era o melhor para nossas lavouras”, lembra.

O pai de Renato se associou à Capal em 2002. Por dois anos, Renato trabalhou com ele no campo; depois, se dedicou à carreira de bancário, na qual permaneceu até 2016, ano em que voltou a trabalhar na agricultura. “Vi que meu lugar era na área agrícola, me trazia uma tranquilidade maior, uma melhor qualidade de vida. Não que seja fácil, mas consigo ficar com a cabeça mais tranquila”, comenta.

Atualmente, Renato, o irmão e o pai são cooperados na região de Itararé e contam com o apoio da Capal em todas as etapas da lavoura. “A Capal, com o responsável técnico, faz o planejamento adequado para cada área antes do plantio, fazendo rotação de cultura, vendo qual variedade tem melhor aproveitamento”, conta o produtor. Ele relata também que o acompanhamento técnico é feito periodicamente pelo engenheiro agrônomo e o processo é finalizado com a recepção e comercialização dos grãos pela Cooperativa.

Formação – A formação também é um aspecto relevante do trabalho do cooperado. Para ele, os dias de campo têm papel importante, pois mantêm o agricultor atualizado sobre cultivares e defensivos, além de demonstrar a preocupação da Cooperativa com os produtores.

Recentemente, Renato participou do Programa de Certificação de Conselheiros Cooperativos (PCCC), realizado com apoio do Sescoop pelas cooperativas da Unium – Capal, Frísia e Castrolanda – e ministrado por professores do ISAE.

“Este curso mostrou uma visão mais ampliada de tudo que é feito na propriedade, desde um planejamento melhor, sabendo analisar as possibilidades, o momento certo de tomar atitude”, avalia.

 

Um dos princípios do Cooperativismo é Educação, Formação e Informação. Na Capal, o compromisso com esse elemento fundamental se expressa através de cursos realizados pela própria Cooperativa ou entidades parceiras. Esses cursos e eventos formativos abrangem diferentes áreas de interesse do cooperado – conhecimento técnico, gestão da propriedade, difusão dos valores cooperativistas, entre outros. Os níveis dos cursos promovidos também variam, desde Dias de Campo até cursos de maior carga horária, como os de pós-graduação.

Apesar dos desafios encontrados, como o clima que influencia a produção e as variações de mercado, Renato Zambianco Nastaro avalia que o cooperativismo veio para ajudar sua família.

Desenvolvimento – “Foi um salto muito grande de qualidade e quantidade produzida, com uma assistência técnica adequada e preparada para que os cooperados cresçam e melhorem seus resultados. O cooperativismo nos ensina que devemos trabalhar juntos, unir forças, para que possamos competir com os grandes. Nos ajuda a ver o coletivo, mas também o nosso individual. Nos dá suporte pra crescer.” (Renato Zambianco Nastaro)
 


Osmil e Murilo Sala são adeptos do Programa de Precisão na Agricultura da Capal, que proporciona ferramentas para melhor aproveitamento do solo

Cafés especiais: um horizonte lucrativo – Conheça o cooperado Luiz Saldanha

Nutrição adequada resulta em aumento de renda e prosperidade

Maria Elza Ishizuka – Crescimento econômico e social

Renato Zambianco Nastaro – Salto de qualidade na agricultura

Cassemiro Turkiwcz – Uma história de cooperação

Conforto animal e boa alimentação garantem ótima produtividade

Amor pelos animais: uma tradição que vem de família

Exemplo de dedicação e respeito pelo trabalho no campo

Umberto Dalcin – Além de ser um cooperado 100%, ajuda a divulgar a Cooperativa através da sua propriedade

Em Itararé, o cooperado Murilo Ruivo de Mello é exemplo de dedicação ao trabalho no campo

Dedicação no preparo de animais para exposições

Cooperado de Carlópolis aposta em nutrição animal para obter mais retorno na produção de leite

Alianças que fortalecem o cooperativismo

Um exemplo de dedicação e de fé no trabalho no campo

Café - Trazendo alegria e renda ao produtor de Carlópolis (PR)

Trabalho dedicado e diversificação na propriedade garantem os resultados

Histórias que fazem parte da história da Capal

É possível explorar o potencial da propriedade sem esgotar a terra

Apostar na diversificação é garantia de mais estabilidade no campo

Dedicação ao trabalho no campo e organização são destaque na propriedade de Marcos Bulka, em Sengés-PR





+55 43 3512-1000
faleconosco@capal.coop.br
A COOPERATIVA
- História
- Visão
- Administração

SEJA UM COOPERADO
- Vantagens
- Como ser um cooperado
- Formulário

UNIDADES
PRODUTOS E SERVIÇOS
Rações
- gado de leite
- gado de corte
- outros animais
Sementes
- soja
- trigo
Recepção e Secagem
Loja de Produtos
Postos de Combustível
INSTITUCIONAL
- Trabalhe conosco
- Fale conosco
- Vídeo institucional
- Galeria de imagens

NOTÍCIAS

AGENDA

PUBLICAÇÕES
- Editoriais
- Relatórios
Capal Cooperativa Agroindustrial - 2014 | Todos os direitos reservados | Desenvolvido por Marketing Mix
Rua Saladino de Castro, 1375. Arapoti - Paraná - Brasil - Fone: (43) 3512-1000. Fax: (43) 3557-1633